Foto sem descrição

Moradores de Planaltina recebem 1.030 escrituras neste sábado (10)

Depois de 25 anos de espera, a enfermeira Lina de Fátima Rocha, 56 anos, finalmente terá tranquilidade na casa onde mora com o marido e a filha de 23 anos na Vila Buritis III, em Planaltina. Neste sábado (10), ela foi uma das 1.030 pessoas beneficiadas com a entrega de escrituras na região administrativa.

A iniciativa é parte do programa Habita Brasília, na modalidade Lote Legal, e garante segurança jurídica aos moradores. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, participou da cerimônia, no estacionamento do ginásio de Múltiplas Funções.

“Isso traz a valorização do patrimônio e conforto às pessoas. Dessa forma, construímos uma cidade legal, regularizada”, disse o governador.

Com os 1.030 documentos entregues hoje, o Distrito Federal soma 47.239 imóveis regularizados em três anos.

“Tenho certeza de que a minha casa é realmente minha e da minha família. Não sei o que pode acontecer comigo no futuro, então eles têm a garantia de um lugar para viver”, alegrou-se Lina.

O repasse do documento é uma forma de reconhecer o esforço de décadas das famílias, segundo o secretário de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade. “A entrega coroa um processo de luta pela moradia e de políticas habitacionais executadas em vários parcelamentos feitos ao longo da história do Distrito Federal”, ressaltou.

Apelo para que o imóvel não seja vendido

Por toda a dificuldade enfrentada ao longo de anos, o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB), Gilson Paranhos, faz o apelo aos beneficiados para que o imóvel não seja vendido. “Peço que não vendam os lotes, porque, a partir de agora, eles custam o valor que vocês têm todo o direito de ter.”

Também participaram da cerimônia o secretário das Cidades, Marcos Dantas; o subsecretário de Mobiliário Urbano e Participação Social, Marlon Costa; o presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), Júlio César Reis; e o chefe da Casa Militar, coronel Márcio Pereira.

Fonte: Agência Brasília

Foto: Renato Araújo

VOLTAR AO TOPO