Foto sem descrição

CODHAB fiscaliza 103 imóveis no mês de setembro

Coibir possíveis irregularidades nos empreendimentos entregues pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB)  é a função da equipe da Gerência de Fiscalização (GEFIS), que, somente no mês de setembro, realizou 103 Verificações de Ocupação de Imóveis (VOIs). Os residenciais fiscalizados foram Paranoá Parque, Jardins Mangueiral e Parque do Riacho.

As ações do último mês aconteceram baseadas nas denúncias feitas  ao Canal de Ouvidoria, 162, nas quais a equipe de fiscalização constatou que: 19 eram improcedentes, ou seja, não haviam irregularidades nos imóveis, em 38 os donos não estavam e receberão novas visitas, 39 serão notificados por já terem recebido visitas anteriores e o proprietário não ter sido encontrado e sete unidades passarão por um processo de investigação.

Segundo o diretor Imobiliário da CODHAB, Jorge Gutierrez, a expectativa é que até o final do ano sejam realizadas mais três mil VOIs em todas as áreas de atuação da CODHAB. “Além de intensificar as verificações, começamos a fiscalizar a lista de habilitados para que possamos continuar atendendo as pessoas que realmente precisam de moradia no DF”, explicou.

Verificações

Desde janeiro deste ano, a Gerência realizou 1.247 vistorias nos empreendimentos da Companhia.  O maior número de unidades visitadas foi no Paranoá Parque, com 795, seguido por Parque do Riacho, com 298, Jardins Mangueiral, 133, e outras localidades com 21 vistorias. O objetivo é verificar se os imóveis estão devidamente ocupados pelos contemplados do eixo Morar Bem, do programa Habita Brasília.

VOLTAR AO TOPO